Senadora

Lídice da Mata e Sousa nasceu em Cachoeira (BA) em 12 de março de 1956. É Senadora da República e presidente regional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) no Estado da Bahia. Nas eleições de 2010, foi eleita a primeira Senadora da Bahia, com 3.385.300 votos.

Desde que assumiu, em fevereiro de 2011, a senadora tem atuado em diversos colegiados, entre comissões permanentes, temporárias, subcomissões, conselhos e Comissões Parlamentares de Inquérito. Nos cinco anos e meio do mandato como Senadora (de 2011 até meados de 2016), participou ou participa de 50 desses colegiados. No Senado, foi líder da bancada do PSB no ano de 2012.

Além de ser autora de 248 proposições, entre Projetos de Lei do Senado (PLS), Propostas de Emenda Constitucional (PEC) e requerimentos, Lídice da Mata assumiu, até agora, a relatoria de outras 268 proposições de outros parlamentares, e fez mais de 380 pronunciamentos em Plenário.

Pelo Senado, Lídice da Mata presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou o assassinato de jovens no Brasil. Ela também coordena a Frente Parlamentar Mista de Direitos Humanos da Criança e do Adolescente. Foi, ainda, uma das integrantes da CPMI de Violência contra a Mulher e relatora responsável de duas outras CPIs, a que investigou o Tráfico Nacional e Internacional de Pessoas e a que propôs reformulações no ECAD – Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, na condição de relatora ad hoc. Lídice da Mata também participou, como titular, da comissão especial que analisou a reforma do Código Penal brasileiro.

No final de 2014, a Revista Veja apontou Lídice da Mata entre os 15 senadores mais atuantes da legislatura. Em 2015 e 2016, ela integrou a lista dos “100 Cabeças do Congresso”, elaborada pelo DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar. Em 2018, foi agraciada com o Prêmio Bertha Lutz, do Senado Federal, por sua participação na elaboração da Constituição de 1988.

No PSB, a Senadora Lídice da Mata integra a Executiva Nacional como Vice-Presidente Nacional de Políticas de Gênero do partido e preside o PSB Regional Bahia. Em 2012 e 2017, foi líder da bancada do PSB no Senado.

O
voto
que me
representa

Fique por dentro



X